02OUT

1º Oficina de Submissão de Artigos da Pará Research Medical Journal

Na oficina, os candidatos a submissão de artigos receberam informações de como evitar erros que tem sido comuns no momento da submissão desde falhas na redação do artigo, omissão de documentos obrigatórios, até a aprovação no comitê de ética, já que as pesquisas envolvem seres humanos”, esclareceu o Editor Chefe

http://www.santacasa.pa.gov.br/ensino/noticias/detalhe/?id=539

Pará Research Medical Journal
https://prmjournal.org/article/doi/10.4322/prmj.2017.001
Pará Research Medical Journal
Artigo de Pesquisa Fisioterapia

Efeitos da ventilação mecânica não invasiva sobre a função pulmonar em pacientes no pós-operatório de cirurgia de revascularização do miocárdio

Effects of noninvasive mechanical ventilation on lung function in patients in the postoperative of surgery myocardial revascularization

Ailyn Amoury Ataide, Larissa Ainette Ferraz, Larissa Salgado de Oliveira Rocha, Luiz Fábio Magno Falcão, Valéria Marques Ferreira Normando, Paulo Eduardo Santos Avila, Márcio Clementino de Sousa Santos, Rodrigo Santiago Barbosa Rocha

Downloads: 7
Views: 1125

Resumo

Introdução: A cirurgia cardíaca é responsável por diminuir os quadros sintomáticos e promover qualidade de vida dos pacientes com doença arterial coronariana. No entanto, complicações pulmonares são observadas com frequência e representam importante causa de morbidade e mortalidade para pacientes no pós-operatório imediato de cirurgia cardíaca, fato que pode ser minimizado pela fisioterapia com a utilização da ventilação mecânica não invasiva (VMNI). Objetivo: Verificar os efeitos da ventilação mecânica não invasiva sobre valores espirométricos em pacientes no pós-operatório de cirurgia de revascularização do miocárdio. Metodologia: Participaram 27 pacientes no primeiro pós operatório de cirurgia de revascularização do miocárdio. Foi realizada a espirometria antes e após aplicação em sessão única da ventilação mecânica não invasiva na modalidade BIPAP com pressão inspiratória de 15 cmH2O e pressão expiratória de 5 cmH2O. Resultados: Houve aumento do VEF1 (p<0,0001) e do CVF (p<0,0001) após aplicação da VMNI, no entanto quanto ao Índice de Tiffeneau não houve diferença estatística em relação aos valores encontrados antes e após aplicação da VMNI (p=0,1455). Conclusão: O uso da VMNI no pós-operatório de cirurgia de revascularização do miocárdio melhorou a função pulmonar.

Palavras-chave

cirurgia cardíaca; fisioterapia; ventilação mecânica

Abstract

Introduction: Cardiac surgery is responsible for decreasing the symptoms and promoting the quality of life of patients with coronary artery disease. However, pulmonary complications are frequently observed and represent an important cause of morbidity and mortality for patients in the immediate postoperative period of cardiac surgery, a fact that can be minimized by physiotherapy with the use of non-invasive mechanical ventilation (NIMV). Objective: To verify the effects of non-invasive mechanical ventilation on spirometric values in patients in the postoperative period of myocardial revascularization surgery. Methods: 27 patients participated in the first postoperative period of myocardial revascularization surgery. Spirometry was performed before and after a single session of noninvasive mechanical ventilation in the BIPAP modality with inspiratory pressure of 15 cmH2O and expiratory pressure of 5 cmH2O. Results: There was an increase in FEV1 (p <0.0001) and FVC (p <0.0001) after application of NIMV; however, there was no statistically significant difference between the Tiffeneau index and the NIMV values (p = 0.1455). Conclusion: The use of NIMV in the postoperative period of myocardial revascularization surgery improved pulmonary function.

Keywords

cardiac surgery; physical therapy; mechanical ventilation.

Referências

1. Alves A, Marques IR. Fatores relacionados ao risco de doença arterial coronariana entre estudantes de enfermagem. Rev Bras Enferm. 2009;62(6):883-8. PMid:20098881. http://dx.doi.org/10.1590/S0034-71672009000600013.

2. Lima RC, Kubrusly LF. Diretrizes da cirurgia de revascularização miocárdica, valvopatias e doenças da aorta. Arq Bras Cardiol. 2004;82(5):1-20.

3. Padovani C, Cavenaghi OM. Recrutamento alveolar em pacientes no pós-operatório imediato de cirurgia cardíaca. Rev Bras Cir Cardiovasc. 2011;26(1):116-21. PMid:21881720. http://dx.doi.org/10.1590/S0102-76382011000100020.

4. Guizilini S, Gomes WJ, Faresin SM, Bolzan DW, Alves FA, Catani R, et al. Avaliação da função pulmonar em pacientes submetidos à cirurgia de revascularização do miocárdio com e sem circulação extracorpórea. Rev Bras Cir Cardiovasc. 2005;20(3):310-6. http://dx.doi.org/10.1590/S0102-76382005000300013.

5. Cavenaghi S, Ferreira LL, Marino LHC, Lamari NM. Fisioterapia respiratória no pré e pós-operatório de cirurgia de revascularização do miocárdio. Rev Bras Cir Cardiovasc. 2011;26(3):455-61. PMid:22086584. http://dx.doi.org/10.5935/1678-9741.20110022.

6. Renault JA, Costa-Val R, Rossetti MB. Fisioterapia respiratória na disfunção pulmonar pós-cirurgia cardíaca. Rev Bras Cir Cardiovasc. 2008;23(4):562-9. PMid:19229431.

7. Ferreira S, Nogueira C, Conde S, Taveira N. Ventilação não invasiva. Rev Port Pneumol. 2009;25(4):665-7.

8. Ferreira HC, Santos FB. Aspectos gerais da ventilação não-invasiva. Rev Cient do HCE. 2008;3(2):73:81.

9. Pereira CAC. Espirometria. J Pneumol. 2002;28(3):34-67.

10. World Health Organization. Global status report on noncommunicable diseases. Geneva: WHO; 2010.

11. Cavenaghi S, Ferreira LL, Marino LHC, Lamari NM. Fisioterapia respiratória no pré e pós-operatório de cirurgia de revascularização do miocárdio. Rev Bras Cir Cardiovasc. 2011;26(3):455-61. PMid:22086584. http://dx.doi.org/10.5935/1678-9741.20110022.

12. Ambrozin ARP, Cataneo AJM. Pulmonary function aspects after myocardial revascularization related to preoperative risk. Rev Bras Cir Cardiovasc. 2005;20(4):408-15.

13. Bianco AC, Timerman A, Paes AT, Gun C, Ramos RF, Freire RB, et al. Análise prospectiva de risco em pacientes submetidos à cirurgia de revascularização miocárdica. Arq Bras Cardiol. 2005;85(4):254-61. PMid:16283031. http://dx.doi.org/10.1590/S0066-782X2005001700005.

14. Auler Jr JOC, Galas FRBG, Hajjar LA, Franca S. Ventilação mecânica no intra-operatório. J Bras Pneumol. 2007;33(2):137-41.

15. Costa D, Toledo A, Borghi AS. Influência da ventilação não invasiva por meio do bipap sobre a tolerância ao exercício físico e força muscular respiratória em pacientes com Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica (DPOC). Rev Latino-am Enfermagem. 2006;14(3):378-82.

16. Franco AM, Torres FC, Simon IS, Morales D, Rodrigues AJ. Assessment of noninvasive ventilation with two levels of positive airway pressure in patients after cardiac surgery. Rev Bras Cir Cardiovasc. 2011;26(4):582-90. PMid:22358273. http://dx.doi.org/10.5935/1678-9741.20110048.

17. Joris JL, Sottiaux TM, Chiche JD, Desaive CJ, Lamy ML. Effect of bi-level positive airway pressure (BiPAP) nasal ventilation on the postoperative pulmonary restrictive syndrome in obese patients undergoing gastroplasty. Chest. 1997;111(3):665-70. PMid:9118706. http://dx.doi.org/10.1378/chest.111.3.665.

18. Mazullo Fo JB, Bonfim VJ, Aquim EE. Ventilação mecânica não invasiva no pós-operatório imediato de cirurgia cardíaca. Rev Bras Ter Intensiva. 2010;22(4):363-8. PMid:25302513. http://dx.doi.org/10.1590/S0103-507X2010000400009.

19. Coimbra VRM, Lara RA, Flores ÉG, Nozawa E, Auler Jr JOC, Feltrim MIZ. Aplicação da ventilação não-invasiva em insuficiência respiratória aguda após cirurgia cardiovascular. Arq Bras Cardiol. 2007;89(5):298-305. http://dx.doi.org/10.1590/S0066-782X2007001700004.

59d268fc0e88258b07fbe3d5 prmjournal Articles
Links & Downloads

PRMJ

Share this page
Page Sections